www.cpa10gratis.com

29 de nov de 2010

Fuja da Tabela Bovespa!

Corretagem: Tabela Bovespa x Valor Fixo

No passado, antes dos homebrokers (sistemas de compra e venda de ações via internet), as corretoras recebiam as ordens de compra e venda de ações via telefone, e para atender a demanda dos investidores precisava manter uma grande quantidade de atendentes cuja função era basicamente receber ordens por telefone e executá-las, nesse tempo as corretoras também atuavam na bolsa por meio do viva-voz, ou simplesmente no "gogó", era a maior gritaria durante o pregão. 
Para criar uma referência de preços e orientar corretoras e investidores foi criada a tabela Bovespa, que comparada ao modelo americano cobrava preços extorsivos dos investidores para comprar e vender ações:

 Financeiro no dia
Percentual
Adicional
Até R$ 135,07
-
R$ 2,70
R$ 135,08 até R$ 498,62
2,00%
R$ 0,00
R$ 498,63 até R$ 1514,69
1,50%
R$ 2,49
R$ 1514,70 até R$ 3029,38
1,00%
R$ 10,06
R$ 3029,39 em diante
0,50%
R$ 25,21

            Atualmente a Bovespa já não opera por viva-voz, quase a totalidade das ordens de compra e venda de ações são realizadas pela internet, os computadores das corretoras conectam os sistemas internos ao sistema da Bovespa (megabolsa) garantindo agilidade e segurança ao investidor, nesse processo a demanda por funcionários no atendimento das corretoras é infinitamente menor que no passado, o que leva a custos menores para as corretoras. Hoje em dia a maior parte das corretoras utiliza valores fixos para corretagem, uma vez que para o sistema eletrônico das corretoras acatar uma ordem de compra de 100 reais ou 100 mil reais o custo é o mesmo. O sistema de corretagem com valor fixo, adotado pela maior parte das corretoras é o melhor tanto para pequenos quanto para os grandes investidores. O valor médio da taxa de corretagem fixa gira em torno de R$ 15, valor bem mais baixo do que os cobrados pelas corretoras que utilizam tabela bovepa.
            Na tabela abaixo uma comparação do valor da corretagem para uma operação de compra nos seguintes valores: R$ 1,5 mil, R$ 5 mil e R$ 50 mil


Valor da Corretagem
Valor da Operação
Tabela Bovespa
Fixa
R$ 1,5 mil
R$ 27,50
R$ 15,00
R$ 5 mil
R$ 35,06
R$ 15,00
R$ 50 mil
R$ 275,21
R$ 15,00
           
            A simulação mostra que a corretagem fixa tem um valor muito mais baixo do que a tabela Bovespa, principalmente para grandes operações. 

*A tabela Bovespa só leva vantagem sobre a corretagem fixa para valores inferiores a R$ 800, no entanto eu desaconselho qualquer investidor a fazer operações nesse valor, uma vez que o custo de transação da operação (corretagem e emolumentos) ficaria muito alto, próximo de 2%, assim se o indivíduo simplesmente fizer uma operação de compra e mais tarde de venda gastará com taxas quase 4% do valor investido, ou seja, precisará de retornos superiores a isso para começar a ganhar alguma coisa na operação, o que torna as operações de baixo valor com ações inviáveis.

Fuja da Tabela Bovespa!

            Algumas corretoras ainda utilizam a tabela Bovespa, essas são as preferidas dos agentes autônomos de investimento (AAI), representantes das corretoras, que ganham dinheiro através das comissões geradas pelas corretagens dos clientes que ele cadastra na corretora. Entre as práticas preferidas dos representantes das corretoras, além de influenciar os clientes a fazerem operações de curto prazo, estão, oferecer corretagens pela tabela bovespa, muitas vezes ofertadas como a melhor coisa do mundo, uma vez que eles estão dando um rebate (desconto na linguagem dos corretores) de 20% ou 30% na tabela. Nem se fosse um desconto de 50%! Uma operação de R$ 5 mil com 50% de desconto na tabela Bovespa ainda sai mais cara do que na tabela fixa. Outro ponto abordado pelos corretores é o da informação, que é diferenciada, melhores relatórios, etc. Para mim esse argumento não é razoável, uma vez que as melhores corretoras do Brasil trabalham com corretagem fixa, ainda oferecendo informações e atendimento de qualidade. Para finalizar os agentes autônomos de investimentos (AAI) costumam fisgar os clientes com o argumento "olhe para a rentabilidade e não para os custos", nesse caso é bom lembrar que os AAI não possuem autorização da CVM para orientar investimentos, e que isso constitui infração grave por parte deles, além de ser quase impossível que eles possuam qualificação técnica para superar a rentabilidade do mercado sistematicamente e com risco baixo, uma vez que dentre os melhores e mais bem pagos gestores do mundo, pouquíssimos conseguem essa façanha.

Nenhum comentário: