Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

Pesquisa do Infomoney com leitores mostra que a maioria dos Daytraders erra mais do que acerta

Imagem
Uma pesquisa do site Infomoney com os leitores do site que faz
operações de Daytrade mostra que a maioria erra mais do que acerta em
suas operações, o interessante é que 8,45% dos que responderam a
pesquisa declararam acertar 100% das operações, quebrando o padrão
"normal" da curva estatística, o que sugere um viés, em outras
palavras, "Mentira". A estatística mostra que a maioria perde, e a
realidade, em minha opinião, ainda é pior do que a estatística.

Fonte: http://web.infomoney.com.br/templates/news/view.asp?codigo=1954706&path=/investimentos/


As corretoras continuam sendo os agentes mais atuantes nos cursos de
formação de novos investidores, recente promoção da XP Investimentos
no site Peixe Urbano vendeu milhares de cursos de investimento em
ações, sempre é bom lembrar que as corretoras ganham dinheiro com as
corretagens geradas pelas operações dos investidores, defendendo assim
que os investidores "girem" sua carteira de ações com a maior
freqü…

Apostila Economia

O Brasil pagou a dívida externa?

Imagem
Meus alunos sempre me perguntam:
"O Brasil não pagou a dívida externa?"

Não, não pagou, ainda deve bastante, a dívida externa total supera os
US$ 200 bilhões (aproximadamente 12% do PIB), mais do que o dobro da
dívida na década de 80.

"Eu vi na televisão que o Brasil pagou a dívida externa, está até
emprestando dinheiro para o FMI"

O Brasil possui um saldo de reservas internacionais, uma espécie de
poupança, maior que a dívida externa (hoje está em aproximadamente US$ 260 bilhões).

"Se ele tem dinheiro para pagar por que não paga?"

Principalmente por dois motivos: primeiro que as reservas servem de
defesa para o Real, o Banco Central utiliza as reservas para executar
a política cambial brasileira, serve de escudo contra ataques
especulativos, e segundo por que a dívida externa custa pouco em
relação a dívida interna, os juros são menores e o Real tende a se
apreciar diante do dólar, tornando os juros ainda mais baixos.

Outra razão para o governo não paga…

Taxas de Administração - Fundos de Investimento

Imagem
Imagine você dar 100 vaquinhas para o banco tomar conta, ou seja, gerir, cuidar delas, fazer o rebanho crescer... e ao final de um ano, independente do rebanho ter crescido ou não, pelo menos 5 vaquinhas são do banco! É assim que funciona a taxa de administração dos fundos de investimento, ela é cobrada não sobre os ganhos, mas sobre o patrimônio, por isso uma taxa aparentemente inofensiva de "apenas" 5% ao ano tem um efeito de uma bomba na rentabilidade de um fundo, os investidores, muitas vezes despreparados não observam isso na hora de investir.
A ANBIMA (http://www.anbima.com.br/) divulga mensalmente em seu site as taxas médias de administração praticadas pelos diferentes tipos de fundo de investimento, em geral quanto mais se investe menor é a taxa cobrada pelos fundos, fazendo com que o dinheiro dos mais abastados cresça mais do que os do pouco endinheirados, mas isso pode ser quebrado com um pouco de rigor na seleção dos investimentos, pergunte ao seu gerente qual é …

Análise Técnica - Não Use!

Imagem
Existem duas grandes correntes para determinação de investimentos em ações: Análise Técnica ou Gráfica e Análise Fundamentalista. A análise técnica consiste apenas em analisar o gráfico de preço da ação, deixando para trás informações do Balanço da Empresa como faturamento, evolução do lucro, patrimônio, etc. Os grafistas se debruçam sobre os gráficos e procuram padrões, o interessante é que cada um escolhe a escala de tempo que lhe for mais conveniente (1 min, 5 min, diária,...) e acabam enxergando figuras diferentes para a mesma ação, algo como duas pessoas olhando para o céu e procurando padrões nos desenhos das nuvens, enquanto um visualiza um cachorro outro está vendo um carro na mesma nuvem.


Os grafistas tentam tratar a análise técnica como ciência dizendo que surgiu a "200 mil" anos no Japão, quando os "operadores" do mercado de peixe utilizavam Candlestick para suas operações e essa técnica foi redescoberta por um operador de Wall Street e caiu como uma luva …

Déficit no Saldo de Transações Correntes - Gráfico

Imagem
O gráfico abaixo mostra que, em 12 meses, o déficit nas contas
externas continua aumentando, tendo passado de US$ -43,8 bi em julho
para US$ -45,8 bi em agosto, um novo recorde negativo para a série
histórica mensal.
Fonte: Miriam Leitão / O Globo

Balanço de Pagamentos

As contas entre residentes e não residentes são registradas pelo Banco
Central (BC) no balanço de Pagamentos (BP). A idéia do Balanço de
Pagamentos é simples: A conta é creditada quando entra moeda
estrangeira no Brasil e debitada quando sai. Assim, por exemplo,
quando exportamos soja e recebemos dólares a conta fica positiva, e
quando um brasileiro faz compras de turismo no exterior faz-se um
registro negativo no balanço, uma vez que saiu divisas do Brasil.
As contas do BP são classificadas em dois grandes grupos: 1.
Transações Correntes e 2. Capital e Financeira

O grupo Transações Correntes por sua vez possui 4 subcontas:
Balança Comercial, Balança de Serviço, Balança de Rendas e
Transferências Unilaterais.

A Balança Comercial registra todas as compras e vendas de bens (FOB)
entre o país e o resto do mundo. Nos últimos anos esta conta tem sido
positiva para o Brasil, que por causa do aumento internacional dos
preços das commodities, hoje exporta mais do que importa, no entanto a
apr…

Política Fiscal

Política Fiscal

A política fiscal consiste na atuação do governo sobre receitas e despesas. As principais receitas do governo são os impostos, mas as receitas podem vir de estatais ou até mesmo dos juros de empréstimos concedidos pelo governo. As despesas por sua vez estão relacionadas ao pagamento de salários dos servidores públicos, obras de infraestrutura, aposentadorias,  doações para outros países, bolsa família, etc.

Atuação sobre as receitas:

Se o governo reduz os impostos, ele estimula a atividade econômica, pois os custos serão menores para empresa o que resulta em preços mais baixos para os consumidores e conseqüentemente uma demanda maior.

Se o governo eleva os impostos haverá uma tendência de retração na economia, uma vez que os preços tendem a aumentar.

Atuação sobre as despesas:

Se o governo aumenta os seus gastos, por exemplo fazendo grandes obras públicas, ele estimula a economia, pois ele comprará insumos, pagará salários, aumentando assim a demanda agregada da economia

Custo do segundo automóvel da família

Imagem
Num país como o Brasil, em que as grandes capitais são violentas e o transporte público é de péssima qualidade, não se discute a aquisição de um automóvel, mas será que uma família precisa mesmo de um segundo automóvel? Tirei da minha caixa de ferramentas de economista alguns instrumentos de análise de projetos como depreciação, valor residual, custo de capital e custo de manutenção para estimar qual é o custo do segundo carro e avaliar se é mais barato andar de taxi.

Fiz um cálculo rápido e genérico para estimar o custo do segundo
carro em uma família, esses cálculos podem ser adaptados para valores e realidades diferentes:

*** Caso não esteja interessado na análise você pode ir direto para o final
Depreciação:

Os automóveis depreciam pelo menos 20% em um período de 2 anos, assim,
se você comprar um carro "popular" zero Km, em um período de 2 anos
perderá 20% do valor dele: se o carro custou R$ 36.000,00, preço de um
carro básico com alguns acessórios essenciais para as gran…

Suas coisas velhas valem dinheiro

Se você é do tipo que otimizador: controla os gastos, faz
investimentos, sonha em um dia viver de renda, ai vai uma dica:
Venda suas coisas velhas! Computador velho, celular, TV de Tubo,
Bicicleta, até mesmo os livros sem uso valem uma dinheiro razoável. Se
você não tem tempo para anunciar nos classificados do jornal de sua
cidade, a internet está aí para facilitar o processo, o meu conselho é
anuncie no http://www.mercadolivre.com/. Faço isso desde 2002, só em 2010
acredito que fiz mais de 30 vendas, de carrinho de bebês a um ar
condicionado "portátil", o dinheiro que recebo nessas operações
costumo usar para comprar quinquilharias eletrônicas no próprio Mercado Livre sem
ter que tirar nada do bolso, é o velho financiando o novo e aliviando
o orçamento da família.

Faça aqui seu cadastro no Mercado Livre

Aluguel de imóvel residencial é desperdício de dinheiro?

Um amigo me disse que já estava jogando dinheiro fora a 5 anos, pois
havia mudado de cidade e não havia comprado um imóvel na cidade que
passou a residir, "desperdiçando" o dinheiro com aluguel. Será que
aluguel é desperdício de dinheiro? A resposta é NÃO. Aluguel não
necessariamente é desperdício de dinheiro. Os potenciais compradores de um imóvel transitam entre duas situações,
os que possuem dinheiro para comprar um imóvel à vista e os que
precisam financiar, podendo estar no meio termo entre essas duas
situações. O indivíduo que possui o dinheiro para comprar um imóvel à vista -
caso ele aplicasse todo o valor do imóvel em ativos financeiros sem
risco, ou seja, renda fixa, poderia obter um rendimento, hoje, em
torno de 0,7% ao mês, enquanto que o aluguel fica em torno de 0,4% do
valor do imóvel, desta forma o detentor dos recursos que alugasse um
imóvel pagaria o aluguel com o rendimento das aplicações e ainda
acumularia mais de 3,7% do valor no primeiro ano devido aos j…