27 de mar. de 2013



Curso Presencial Completo Preparatório para Certificação Anbima CPA 10 em Recife-PE 
Turma de Junho/2013 (nova!)

Aulas somente aos Sábados

Faça já sua matrícula - Número de Alunos Limitado para garantir mais qualidade ao curso.

Efetue sua matrícula e pagamento até 31/05 e ganhe um livro de exercícios grátis

Local: Fundação Cecosne (Rua José Osório 124, Madalena)  Ver mapa
Estacionamento Gratuito / Fácil Acesso via transporte público.
* A sala de Aula é Locada para Horários Específicos, não mantemos estrutura fixa no local, nem mantemos vínculos com a instituição.

Datas e Horários: Sábados (8h15-13h15)
                             Dias: 08/06, 15/06, 29/06 e 06/07 (2013).
Extras: 
- O aluno poderá repor/revisar as aulas sem custos em turmas posteriores de CPA 10.
- Material (APOSTILA) incluso no valor do investimento.
Revise as aulas Online - Faça o teste aqui
- Pagamento facilitado via cartão de crédito.
- Certificado de Conclusão de Curso com conteúdo e carga horária.
- Bônus de R$ 100,00 para fazer o curso de CPA 20.
Valor do Investimento: 
R$ 295,00 - CARTÃO: Adiantamento de R$ 70,00  + 225,00  no primeiro dia de aula (pode ser parcelado).
ou
R$ 270,00 com desconto - À VISTA: Adiantamento de R$ 70,00 + R$ 200,00 em Dinheiro  no primeiro dia de aula
* Não aceitaremos cheques.
Conteúdo: Completo CPA 10 (Edital Modificado Janeiro/2013).

PROMOÇÃO - Desconto para Grupos

Grupo com 2-3 Alunos - Desconto de R$ 15,00 por Aluno
Grupo com 4-5 Alunos - Desconto de R$ 25,00 por Aluno
Grupo com 6 ou mais Alunos - Desconto de R$ 40,00 por Aluno.
1 . A promoção só será válida caso o aluno preencha o nome dos integrantes do grupo no ato da matrícula, antes do início do curso, em nenhuma hipótese será concedida a promoção após o início do curso. 
2. As matrículas precisam ser efetivadas (adiantamentos pagos pelo grupo) para obter a promoção.
3. O Desconto será abatido do Saldo a Pagar no Primeiro dia de Aula.
Procedimento para a Matrícula:

1. Preencher a Ficha de Matrícula
2. Efetuar o Adiantamento (R$ 70) 

Facebook: 
 
Clique aqui
YoutubeClique aqui
LinkedinClique aqui
Twitter: Clique aqui

 
Telefones:
 
                               
Claro (81) 9385.1982(Principal - SMS- Viber - WhatsApp)
Tim (81) 8763.9425                
Oi (81) 8545.2433 

Punição Financeira para Crianças, funciona?


Minha esposa me relatou um problema que eu já havia percebido: Nosso filho de 7 anos nunca colocava o cinto de segurança na cadeirinha do carro, por mais que puxássemos a orelha dele e o alertasse sobre os perigos de trafegar sem o cinto de segurança no passeio seguinte ele novamente esquecia de colocar o cinto. O ônus desse "esquecimento" é dos pais, que com todas as preocupações do trânsito de uma grande cidade acrescenta mais esta na sua lista.

Pensei como economista: "- Se multarmos ele, provavelmente aprenderá e não mais deixará de usar o cinto, foi assim que nós brasileiros aprendemos a usar o danado do cinto."

Problema 1: Meu filho não tinha renda, logo não tinha como punir com multa.

Solução: Criar uma mesada semanal.

Problema 2: Minha esposa não concordou com a mesada, disse que estaríamos remunerando uma obrigação da criança.

Solução: Desvincular a mesada do problema do cinto, convencer ela de que não existe problema em criar incentivos para que as pessoas cumpram suas obrigações.

Metodologia: A multa corresponde a 20% da mesada que é paga no início da semana.

Desfecho:

Primeira Semana: Duas multas= recebimento de 60% do valor da mesada.
Segunda Semana: Nenhuma multa = recebimento da mesada completa
Terceira Semana: Nenhuma multa  = recebimento da mesada completa

Análise: Aparentemente o problema do cinto de segurança foi resolvido com o velho dueto da economia baseado na punição e recompensa financeira. Na minha opinião essas ferramentas utilizadas com cautela ajudam a educar as crianças, além de oferecer uma amostra do mundo real. Quando falei para o meu filho que se eu não usasse cinto de segurança receberia uma multa de mais de R$ 100,00, ele soltou um "-UAU...muito maior que a minha multa", completei que o problema maior não era o dinheiro e sim o risco de me machucar ou até mesmo perder minha vida.

Dúvida: Incentivos e Punições financeiras podem ser utilizados com crianças? Quais seriam os danos de utilizar essa metodologia com parcimônia? Alguém conhece estudos sobre isso? Psicólogos e Economistas de Plantão (ou metidos a ser) o que vocês acham?

p.s.  já estou estudando aplicar multas em outras situações.