25 de abr. de 2007

Política Cambial - Dirty Floating

O regime cambial adotado no Brasil é Flutuante ou Flexível, ou seja, o valor do Dólar em Real depende da sua demanda e oferta no mercado. Assim, se sobram Dólares no mercado existe uma tendência do preço do Dólar cair, e se faltam Dólares no mercado, o preço do Dólar sobe.

O incremento das exportações nos últimos meses, entre outros motivos, fez com que entrasse uma enxurrada de dólares no Brasil, o que causou uma queda no valor de sua cotação.

Apesar do nosso câmbio ser flutuante, o Banco Central compra e vende a moeda americana com o intuito de controlar o valor. Se o Dólar está muito valorizado, o Banco Central realiza leilões de venda para forçar o preço para baixo, e quando o Dólar cai demais o Banco Central intervém comprando com o intuito de elevar a sua cotação. O nosso regime cambial, portanto, é conhecido como flutuação suja ou "Dirty Floating", expressão utilizada para representar o regime cambial flutuante, mas com intervenção do Banco Central.

O interessante é que nem sempre o Banco Central consegue intervir com sucesso no mercado, abaixo segue trecho de notícia do Jornal Valor Econômico veiculado no dia 25/04/2007:

Mercados: Dólar fecha em baixa de 0,73%, a R$ 2,0210 apesar de leilões do Banco Central

SÃO PAULO - As atuações de hoje do Banco Central (BC), tanto no mercado à vista como no futuro, não surtiram grande efeito na cotação do dólar e o forte fluxo de divisas acabou levando a moeda a registrar o menor valor em mais de seis anos.
Veja a Notícia na Íntegra em: http://noticias.uol.com.br/economia/ultnot/valor/2007/04/25/ult1913u68210.jhtm


Ouça o Podcast deste Post!
Para salvar o arquivo em MP3 - Clique com o botão direito e depois em "salvar como".

Economia e Realidade - 1º Post!




Oi Gente,

Sejam Bem Vindos ao Blog "Economia e Realidade". A idéia do Blog é apresentar as notícias veiculadas pela mídia e comentá-las à luz da teoria econômica, complementando as aulas de economia. O público alvo, inicialmente, é composto por estudantes de graduação que tenham interesse em complementar o conteúdo visto nas disciplinas relacionadas com economia, no entanto, demais estudantes, profissionais e curiosos serão muito bem vindos. Aguardo o comentário de vocês. Até breve!


Ouça o PODCAST (arquivo em áudio) desse post.

Para salvar o arquivo em MP3 - Clique com o botão direito e depois em "salvar como".