www.cpa10gratis.com

30 de ago de 2010

Diferença entre Taxa Nominal e Taxa Real

A diferença entre taxa nominal e taxa real é bastante simples: a taxa
nominal é a taxa que normalmente é divulgada pelas instituições financeiras,
enquanto que a taxa real é dada pela diferença entre taxa nominal e a
inflação do período. Assim, por exemplo, se uma aplicação bancária
teve uma rentabilidade de 10% no ano passado (chamamos de taxa
nominal) e a inflação no mesmo período foi de 6%, temos que a taxa
real foi de quase 4%.*

Apesar de ser um conceito simples, a distinção entre taxa nominal e
taxa real é muito importante para os economistas, uma vez que traz
fortes implicações:

Na ótica do investidor o que interessa são os ganhos reais, de que
adianta ter uma aplicação que rendeu 12% enquanto os preços no
mesmo período subiram 15%? Nesse caso o investidor teve uma
rentabidade real negativa, após o período de aplicação o seu dinheiro
passou a comprar menos do que comprava antes de investir. Uma
referência internacional para o investidor é a taxa de rentabilidade
real anual de 6%, meta de grande parte dos fundos de pensão
(previdência) de todo o mundo.



Os aumentos reais dos salários são referentes aos reajustes acima da
inflação. Somente assim podemos visualizar o aumento do poder de
compra do assalariado. Os patrões podem fazer a maior festa divulgando
um aumento de 10%, no entanto se a inflação do período anterior foi de
9%. Os ganhos reais foram de menos de 1% para o trabalhador.
Os aumentos nominais do PIB, por exemplo, podem significar somente
aumento de preços (inflação) e não necessariamente aumento da
produção, que normalmente é resultado de investimentos anteriores e
que tende a trazer um maior número de empregos, por isso é importante
deflacionar (tirar a inflação) do PIB e assim obter seu aumento (ou
redução) real.
* (1 + taxa real) x (1 + taxa de inflação) = (1 + taxa nominal)


Já avaliou a possibilidade de fazer um curso completo de matemática financeira sem sair de casa? Clique aqui.

Nenhum comentário: