www.cpa10gratis.com

31 de jul de 2018

Quanto Preciso Acumular para Atingir a Independência Financeira?




Poupar para se Aposentar

Um dos principais motivos pelos quais poupamos é a nossa aposentadoria. Terei renda suficiente para levar uma vida digna? Conseguirei pagar um bom plano de saúde, viajar, arcar com despesas com medicamentos? Poderei ajudar os meus filhos caso eles precisem?

Errando nos cálculos de previsão 

Um dois principais erros nas previsões de investimento de longo prazo é utilizar a taxa de juros nominal nos cálculos. A taxa nominal é aquela apresentada pelo investimento sem considerar inflação. Exemplo: se eu ganhar 9% ao ano em uma aplicação terei um belo montante em uma década, mas não necessariamente terei um maior poder de compra! E se os preços também subirem 9% ao ano? Comprarei o mesmo que comprava antes de investir. O que importa para o investidor são seus ganhos acima da inflação, a chamada taxa de juros real, ela quem vai mostrar qual o verdadeiro valor ganho em poder de compra.

Costumo receber a mesma mensagem através de redes sociais que afirma que se ao invés do trabalhador pagar o INSS sobre um salário mínimo, aplicar o dinheiro na poupança,  no final de sua vida como trabalhador ele terá acumulado um montante cuja renda mensal é bem superior a um salário mínimo. E a conclusão é que o INSS é um péssimo negócio. Balela! Nos cálculos é utilizada a taxa de remuneração da poupança sem considerar a inflação, ou seja, posso até conseguir juntar R$ 1 milhão de reais em 30 anos, mas esse valor vai comprar bem menos do que compra hoje, pois provavelmente os preços aumentarão durante todos esse período.
Conclusão: Cálculo Totalmente Equivocado!

O correto é fazer uma previsão com o quanto eu vou ganhar acima da inflação, se a poupança render  apenas 1% a mais que a inflação em um ano, é esta taxa que devo utilizar. Refazendo os cálculos veremos que recolher o INSS é um negócio muito melhor para o trabalhador que recolhe sobre um salário mínimo do que aplicar esse dinheiro, recolhendo o INSS provavelmente ele vai ter uma aposentadoria mais folgada (se é que podemos usar essa expressão para quem ganha um salário mínimo) e proteção durante o período de recolhimento.

Taxa Real

Para cálculos de longo prazo costumamos utilizar uma taxa real entre 4,5% e 5% ao ano, taxa conservadora, mas nem sempre fácil de obter. Colocando ao mês seria algo em torno de 0,4% acima da inflação, esse ganho dificilmente será obtido apenas com a renda fixa tradicional. Uma dica para obter esse ganho sem muito esforço é aplicar em títulos do tesouro indexados ao IPCA (NTN-B) quando estiverem pagando mais do que 5% ao ano.

A ideia da aposentadoria, ou independência financeira é conseguir juntar um montante suficiente para viver somente da remuneração, que neste caso seria a taxa real que explicamos acima, sem tocar no principal, ou seja, juntar um valor que o rendimento de 0,4% seja suficiente para sustentar os meus gastos mensais.

Viver apenas dos Rendimentos

Para o cálculo do montante de aposentadoria alguns consultores financeiros fazem uma previsão de expectativa de vida e calculam uma retirada que vai diminuindo o principal até a morte prevista do investidor, não recomendo! Prefiro fazer um cálculo para um montante que não use o principal para pagar a aposentadoria, apenas seus rendimentos.

Não recomendo por 3 motivos:

1. O investidor pode viver mais do que a previsão, neste caso viverá seus últimos anos sem dinheiro algum ou através de favores de amigos e familiares, isso aconteceu com o playboy milionário Jorginho Guinle, herdeiro do Copacabana Palace, que gastou todo o seu dinheiro achando que ia viver menos do que realmente viveu, e acabou vivendo os últimos anos em um quarto emprestado no próprio hotel que um dia foi de sua família;

2. Se tudo der certo nos cálculos, o investidor vai acabar sua vida sem deixar nada para seus herdeiros;

3. E se no futuro não for possível obter os tais 0,4% de taxa real? O investidor terá uma boa "gordura" para queimar antes que acabe toda a grana.

Quanto preciso ganhar?

Voltando aos 0,4% de taxa real, isso representa um montante de 250 vezes a renda a ser obtida, por exemplo, R$ 1 milhão aplicados, representa um rendimento real de R$ 4 mil (0,4%) , ou seja, se eu quiser uma renda de R$ 20 mil reais por mês, terei que conquistar um montante de R$ 5 milhões para me aposentar, se um indivíduo quiser ser um pouco mais conservador poderá multiplicar por 300 ao invés de 250. Difícil, né?  Não se começarmos o quanto antes! Uma notícia animadora, o trabalhador que recolhe INSS tem a aposentadoria do governo, então se por exemplo ele quer uma renda mensal de aposentadoria de R$ 10 mil e já tem R$ 3 mil de aposentadoria do governo, terá que conquistar um patrimônio que gere a diferença de R$ 7 mil, pelo meus cálculos algo próximo de R$ 2 milhões.

Nas próximas páginas falaremos mais sobre como planejar (e conquistar!) uma aposentadoria tranquila no longo prazo.



Nenhum comentário: