www.cpa10gratis.com

21 de ago de 2013

Vou viajar, o que devo fazer para me proteger das variações cambiais?



Todos sabem que trabalhamos com um regime de câmbio flutuante, e que a qualquer momentos as moedas estrangeiras podem flutuar (aumentar ou diminuir) em relação ao real, mas poucos utilizam a estratégia correta para se proteger das variações cambiais em suas viagens.



Quer saber qual é a estratégia? O ideal é fazer pequenas compras de moeda estrangeira ao longo de pelo menos 6 meses que antecedem a viagem ao exterior, isso faz com que o valor de compra do dólar seja diluído pelas várias cotações mensais, expurgando as grandes variações de datas específicas, na linguagem econômica seria uma "alisamento" da curva de preço médio, possibilitando uma bela estratégia de Hedge (proteção). Na teoria essa ideia é ótima, mas nem todo mundo tem tempo, paciência e disciplina para meses antes da viagem se deslocar com dinheiro em espécie para uma casa de câmbio,o que fazer então?

Estratégia: Aplicar mensalmente em fundos cambiais. O ideal é que sejam realizados pelo menos 6 aportes mensais que totalizem o valor que será gasto na viagem ao exterior. A estratégia é similar a da compra de moedas (dólar e euro), só que mais prática, uma vez que o investidor pode fazer isso facilmente pelo seu Homebanking, via internet, sem ter que se deslocar com dinheiro espécie para uma casa de câmbio ou agências bancárias específicas (poucas trabalham com câmbio). O investidor deve resgatar o investimento no fundo cambial em duas partes: uma para comprar moeda em espécie (ou visa travel money) antes da viagem e o segundo saque no retorno ao Brasil, para pagar a fatura do cartão de crédito da viagem.

Detalhes Importantes:
O fundo cambial deve ser indexado a moeda do país de destino, então cuidado para não investir em um fundo cambial EURO se você vai para os Estados Unidos!

O ideal é que o resgate seja feito pelo menos 30 dias após a aplicação, pois antes disso o investidor pagará IOF. Procure fundos com taxas de administração baixa (na casa de 1%).

Limite o valor total aplicação ao valor que você gastará no exterior, nem mais nem menos.

O fundo pode cair? Posso perder dinheiro nessa aplicação? Sim, mas lembre-se que se o fundo cambial cair, provavelmente os preços na moeda estrangeira estarão mais baixos para os brasileiros compensando as perdas do fundo, não esqueça que essa é uma estratégia de proteção (HEDGE) contra uma elevação não esperada do dólar ou do euro.

Nenhum comentário: