www.cpa10gratis.com

5 de set de 2011

Relação dos Americanos com a Bolsa

 Acabo de voltar de Nova Iorque e estou impressionado como o mundo das finanças faz sucesso por aquelas bandas: Para começar, metade dos arranha-céus da cidade foram construídos por bancos ou seguradoras. No saguão e nos elevadores do hotel em que fiquei telas de LCD passavam incessantemente cotações da Bolsa. Na televisão diversos programas mostram comentários, cotações e análise de ações, no intervalo comercial das séries, propagandas de corretoras e homebrokers são tão comuns como propagandas de refrigerante.

Um programa específico me chamou mais atenção:o nome é Mad Money, e o apresentador Jim Cramer, apesar de ser um ex-gerente de um Hedge Fund  formado em Harvard dá um Show a la Ratinho ou Datena na frente das telas passando as cotações.

Na foto abaixo estou na frente do prédio da NASDAQ assistindo Mad Money (clicando na foto da para ver o cara do programa de TV).



Os prédios da NYSE (bolsa de Nova Iorque) e da NASDAQ estão entre os principais pontos turísticos da cidade.  Abaixo foto que tirei do prédio da NASDAQ que fica no meio da Time Square (Clique na foto para ver os detalhes da tela de alta definição).


O touro símbolo da bolsa de Nova Iorque é cultuado como se fosse uma figura santa, todas as lojas de Suvenirs vendem cópias chinesas da estátua de bronze do "Bull". Chegar perto dele é uma tarefa complicada, dada a quantidade de turistas querendo tirar fotos com o chifrudo.


Na entrada do Madison Square Garden, a primeira coisa que você ver é uma Loja da Charles Schwab, isso mesmo, "loja" e não escritório, a corretora vende ações como quem vende roupas, com direito a vitrines "descoladas" e tudo mais! ( na foto a corretora fica logo ao lado direito da entrada do M.S.G.).


Bem...se eles estão no futuro como muitos dizem, temos muito a percorrer até que os investimentos em ações sejam tão populares aqui no Brasil, como grande entusiasta do mercado de capitais, espero viver para ver tal dia.

Nenhum comentário: